Personalizados
Personalizados
maragogi propagandas
NCN

Aumenta número de casos de ataques de espécie de piranha na região do rio São Francisco em Alagoas

Por Naldo Cerqueira em 27/02/2021 às 14:04:41

Pelo menos dez pessoas foram atacadas por pirambebas, uma espécie de piranha que habita o rio São Francisco. Os ataques foram registrados em cidades alagoanas ribeirinhas entre sábado (20) e domingo (21). Os peixes ficam mais agressivos nessa época porque estão no período de desova.

Segundo o biólogo Emerson Soares, as pirambebas costumam desovar mais de uma vez durante ano, nos meses de maior calor, quando a água do rio fica mais quente proporcionando o ambiente ideal para a reprodução. O ataque é uma defesa natural da espécie para proteger os ovos que geralmente são depositados próximo da margem do rio, em ambientes com plantas aquáticas.

As pirambebas têm uma mordedura menor que a piranha, porém com mesmo poder de ferimento. Elas costumam atacar os dedos e regiões mais superficiais, o que provoca sangramento.

Emerson explicou ainda que a diminuição do volume de água do rio São Francisco fez elas se aproximaram ainda mais da margem, por isso os banhistas devem tomar cuidado ao se banhar no rio já que são espécies carnívoras.

"Não jogar alimento nessa região, observar se na região que está tomando banho tem vegetação aquática, porque elas costumam colocar a sua ova próxima a essa vegetação por questão de proteção, evitar o local e observar se tem piranhas", orientou o biólogo.

Rio São Francisco em Alagoas, o Velho Chico

Reprodução/TV Gazeta

Veja os vídeos mais recentes do G1 Alagoas

Veja mais notícia da região no G1 Alagoas

Fonte: G1AL

Comunicar erro
LOTERIA MARAGOGI

Comentários

Personalizados