Personalizados
Personalizados
maragogi propagandas
NCN

Acusado de matar esposa grávida é condenado a 20 anos de prisão em AL

Por Naldo Cerqueira em 22/01/2021 às 12:55:44
Jaqueline Querolaine da Silva Ribeiro foi morta em 2016 por asfixia. Marido vai cumprir pena em regime inicialmente fechado. Marido passou por júri popular

Divulgação/TJ-MA

O homem acusado de matar a esposa grávida em Colônia Leopoldina, em Alagoas, em julho de 2016, foi condenado a 20 anos e dez meses de prisão. O julgamento aconteceu na quinta-feira (21).

Fânio Alexandre da Silva foi condenado por homicídio qualificado e aborto sem consentimento da esposa, Jaqueline Querolaine da Silva Ribeiro.

Durante o júri popular, o réu negou ser o responsável pela morta da companheira. Ele alegou que a vítima cometeu suicídio por enforcamento, no entanto, o laudo da perícia constatou morte por asfixia.

O acusado deve cumprir a pena em regime inicialmente fechado e não poderá apelar da sentença em liberdade.

Veja os vídeos mais recentes do G1 AL

Veja mais notícias da região no G1 AL

Fonte: G1AL

Comunicar erro
LOTERIA MARAGOGI

Comentários

Personalizados