Personalizados
Personalizados
maragogi propagandas
NCN
NCN
NCN

Morre o craque Diego Maradona aos 60 anos

O ex-jogador argentino Diego Armando Maradona, 60, morreu nesta quarta-feira, 25, após sofrer uma parada cardiorrespiratória em sua casa em Tigre, região [...]

Por Naldo Cerqueira em 25/11/2020 às 14:46:37

O ex-jogador argentino Diego Armando Maradona, 60, morreu nesta quarta-feira, 25, após sofrer uma parada cardiorrespiratória em sua casa em Tigre, região metropolitana de Buenos Aires. A informação, inicialmente divulgada pelo jornal “Clarín”, já foi confirmada pelo biógrafo de Maradona, Ariel Palacios. Considerado um dos futebolistas mais geniais da história, Dios (Deus), como é conhecido pelos seus conterrâneos, encantou o mundo com seu talento, foi ídolo das torcidas de Boca Juniors-ARG e Napoli-ITA e protagonizou a conquista da Copa do Mundo de 1986, disputada no México. Maradona foi socorrido por profissionais de saúde em sua casa, localizada no bairro Villanueva, na província de Tigre. Cerca de nove ambulâncias foram deslocadas para o local. No entanto, mesmo com o atendimento de urgência, o ídolo não resistiu.

A Associação de Futebol Argentino e a conta da seleção argentina no Twitter prestaram condolências pela rede social. “Até sempre, Diego. Será eterno em cada coração do planeta futebol”, manifestou-se o perfil da equipe bicampeã mundial. “A Associação de Futebol da Argentina, por meio do seu presidente, Claudio Tapia, manifesta sua mais profunda dor pela morte de nossa lenda, Diego Armando Maradona. Sempre estará em nossos corações”, escreveu a AFA. O Boca Juniors, clube onde o craque foi ídolo, jogará nesta noite contra o Internacional, às 21h30, no Beira-Rio. Haverá um minuto de silêncio em homenagem a Maradona, e a equipe argentina jogará enlutada.

No último dia 3 de novembro, o maior jogador da história da Argentina passou por uma cirurgia para drenar uma pequena hemorragia no cérebro.Os médicos que trataram Maradona não souberam dizer se o problema começou há pouco tempo ou se desenvolveu ao longo do tempo. Durante sua carreira de jogador, o argentino lidou com o vício em cocaína – chegou a ser internado algumas vezes para passar por reabilitação. O último trabalho de Diego foi como treinador do Gimnasia de La Plata.

Fonte: JP

Comunicar erro
LOTERIA MARAGOGI

Comentários

Personalizados