Estacio
Personalizados
Personalizados

Urnas eletrônicas em Alagoas passarão por teste de integridade com biometria

Por Naldo Cerqueira em 21/09/2022 às 23:15:03
Eleitores voluntários serão convidados para participar do teste no dia das eleições. Voluntários que vão participar da testagem das urnas cumprem mais uma etapa do treinamento

Pela primeira vez, serão sorteadas 23 urnas eletrônicas em Alagoas, sendo as 20 primeiras urnas sorteadas submetidas ao teste de integridade com biometria e as demais, ao teste de autenticidade dos sistemas eleitorais.

Compartilhe no WhatsApp

Compartilhe no Telegram

A fiscalização dos testes de integridade e de autenticidade das urnas eletrônicas nas eleições de outubro foi discutida em reunião nesta quarta-feira (21).

Participaram da reunião representantes da Polícia Federal (PF), do Ministério Público (MP), das Forças Armadas e da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e integrantes da Comissão de Auditoria da Votação Eletrônica (Cave) do Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas (TRE-AL).

“É muito importante a presença de todos aqui pra esta reunião pois a Justiça Eleitoral tem todo interesse que a fiscalização aconteça em todas as etapas da votação, principalmente nos testes que atestam a segurança das nossas urnas eletrônicas. Quanto mais entidades fiscalizadoras, mais transparência e mais credibilidade”, destacou o juiz Hélio Pinheiro.

No sábado que antecede o pleito, 1 de outubro, o sorteio das urnas eletrônicas acontecerá no auditório do Pleno do TRE de Alagoas, às 7h. No dia da eleição, 2 de outubro, o teste de integridade acontecerá durante o horário de votação no auditório da OAB, em Jacarecica, Maceió.

Biometria em fiscalização das urnas eletrônicas

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou no dia 13 de setembro um projeto-piloto nas eleições de outubro para incluir a utilização de biometria e participação de eleitores voluntários no chamado teste de integridade.

Esse teste é realizado no dia da eleição pela Justiça Eleitoral, com acompanhamento de uma auditoria externa. As cédulas impressas e pré-preenchidas são digitadas por servidores da Justiça Eleitoral nas urnas incluídas na testagem. É uma espécie de checagem do registro dos equipamentos eletrônicos.

Pela resolução aprovada pelo plenário, participarão do projeto-piloto entre 32 e 64 urnas em todo o país e serão convidados eleitores que vão participar de forma voluntária.

Assista aos vídeos mais recentes do g1 AL

Veja mais notícias da região no g1 AL
Comunicar erro
LOTERIA MARAGOGI
Estacio

Comentários

Personalizados