Estacio
Personalizados
Personalizados

Divulgada lista de beneficiários do Auxílio para famílias atingidas pelas chuvas em Alagoas

Por Naldo Cerqueira em 02/08/2022 às 21:28:38
1ª parcela foi depositada para 9.128 famílias desabrigadas e desalojadas. 57 cidades decretaram situação de emergência. Murici é um dos 57 municípios de Alagoas em situação de emergência por causa das chuvas.

CBMAL

A lista de beneficiários do auxílio financeiro para famílias dos municípios de Alagoas em situação de emergência por causa das chuvas foi divulgada pela Secretaria de Estado da Assistência e Desenvolvimento Social (Seades). O governo do estado informou nesta terça-feira (2) que a 1ª parcela do benefício foi depositada para 9.128 famílias.

Compartilhe no WhatsApp

Compartilhe no Telegram

Ao todo, 57 cidades do estado decretaram situação de emergência por conta das fortes chuvas registradas entre os meses de maio e julho. Os cadastros são feitos pelas prefeituras e o benefício é concedido pelo Governo de Alagoas.

O auxílio-chuva é pago com recursos oriundos do Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza (Fecoep). Cada família cadastrada vai receber quatro parcelas de R$ 500, nos meses de junho, julho, agosto e setembro, totalizando R$ 2 mil.

Clique aqui para conferir as listas com os nomes dos beneficiários

Segundo o governo do estado, a 2ª parcela do auxílio já foi depositada para 6.414 famílias. A previsão é que o restante dos beneficiários receba a segunda parcela ainda neste mês de agosto.

Ao todo, foram destinados mais de R$ 7.7 milhões para famílias desabrigadas e desalojadas no estado.

“Alagoas vem sofrendo com um volume excessivo de chuvas este ano. Estamos buscando atender, com a maior presteza possível, a todas as famílias vitimadas, seja por meio de provisões, seja pelo pagamento do auxílio emergencial financeiro. O pagamento ocorre dentro dos trâmites legais e dos limites orçamentários e financeiros anteriormente previstos. Devido ao aumento do número de cadastros, foi necessário fazer um replanejamento para o atender à nova demanda”, explicou a gerente de Monitoramento e Vigilância Sociassistencial da Seades, Aline Rodrigues.

Assista aos vídeos mais recentes do g1 AL

Veja mais notícias da região no g1 AL
Comunicar erro
LOTERIA MARAGOGI
Estacio

Comentários

Personalizados