Estacio
Personalizados
Personalizados

Instituto Êxito e Unesco levam lições de empreendedorismo a estudantes

Com o objetivo de fomentar a cultura empreendedora na rede pública de ensino, o Instituto Êxito de Empreendedorismo desenvolveu, em parceria com a...

Por Naldo Cerqueira em 31/07/2022 às 08:51:39

Com o objetivo de fomentar a cultura empreendedora na rede pública de ensino, o Instituto Êxito de Empreendedorismo desenvolveu, em parceria com a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), o curso Lições de Empreendedorismo para o Alcance de uma Educação Emancipadora e Transformadora.

“O objetivo do Instituto Êxito é ajudar os alunos de escolas públicas a mudarem de mentalidade, adquirindo a mentalidade empreendedora. Não apenas de empregabilidade, mas de crescimento de riqueza e de trabalhabilidade. Ou seja, quando a gente fala em empregabilidade, fala em empreendedorismo”, disse o presidente do Instituto Êxito, Janguiê Diniz, à Agência Brasil.

O Instituto Êxito tem mais de 1 mil cursos em sua plataforma, e decidiu, em conjunto com a Unesco, criar esse sistema de ensino estruturado em 16 lições, com carga horária total de 40 horas. O curso contempla temas como comunicação, autoconhecimento, habilidades técnicas, habilidades socioemocionais, liderança, planos de negócios, entre outros.

Janguiê Diniz disse que o instituto busca fazer com que os alunos de escolas públicas, especialmente do ensino médio, possam adquirir habilidades técnicas e socioemocionais para adquirirem “um pensamento empreendedor, uma mentalidade de criação de riqueza”.

Piloto

Inicialmente, o curso terá aulas presenciais e online. O projeto-piloto será realizado no município de Bezerros (PE), primeira cidade do país a implementar o projeto em sua rede de ensino, dentro do projeto Empreendedorismo na Escola. A estimativa é atender, naquele município, cerca de 200 alunos do 9º ano do ensino fundamental e das três séries do ensino médio.

Janguiê Diniz dará a aula inaugural no próximo dia 13 de agosto. O material, exclusivo e inédito no Brasil, será disponibilizado gratuitamente online. O caderno de atividades e o guia do professor podem ser encontrados no site do instituto.

Todas as lições estão organizadas de forma a auxiliar os estudantes a desenvolverem competências pessoais, técnicas, gerenciais e sociais. O material didático reúne todas as informações pertinentes a cada lição, apresentando conceitos, chamadas para a reflexão, exemplos, materiais extras para aprofundamento, atividades práticas e histórias inspiradoras de empreendedores de sucesso nas mais diversas áreas. O guia destinado aos professores visa orientá-los na condução do curso com seus alunos.

O secretário de Administração e Inovação de Bezerros, Bruno Clisman, disse que é responsabilidade do governo distribuir esse conceito de escola empreendedora por todo o município, com ferramentas que possibilitem ao estudante abrir janelas no mercado de trabalho.

“Somos a primeira cidade do país a desenvolver esse projeto-piloto no ambiente escolar, para despertar nos estudantes o interesse pelo empreendedorismo. Nesse cenário, os parceiros têm papel fundamental, visto que investem tempo e recursos nesse processo de transferência de conhecimento e tecnologia para que possamos ampliar nossas possibilidades de serviços ofertados à população bezerrense”, disse Clisman.

Escala

Para a diretora da Unesco no Brasil, Marlova Noleto, “trabalhar com os jovens da escola pública no empreendedorismo é uma nobre tarefa. É uma forma concreta de transformar a realidade desses alunos”.

De acordo com Janguiê Diniz, após a experiência piloto em Bezerros, todas as prefeituras, estados, secretarias municipais e estaduais de Educação, organizações não governamentais (ONG) e escolas que desejarem implantar o projeto e levar a educação empreendedora aos jovens de sua localidade podem entrar em contato com o Instituto Êxito por e-mail e para obter mais informações.

Instituto

O Instituto Êxito de Empreendedorismo reúne atualmente mais de 800 sócios que compactuam de um mesmo propósito: fazer do empreendedorismo a turbina para impulsionar vidas e histórias.

Ainda segundo o instituto, o curso se baseia na filosofia de que, independentemente da classe social e econômica, qualquer pessoa pode transformar suas ideias em ações que mudem e melhorem a realidade e a comunidade na qual vive, com o objetivo de estimular o dom empreendedor dos jovens, especialmente os de escolas públicas, onde há muitos talentos escondidos e boas ideias a serem impulsionadas.

Fonte: Agência Brasil

Comunicar erro
LOTERIA MARAGOGI
Estacio

Comentários

Personalizados