Estacio
Personalizados
Personalizados

Daisy Soares afirma que teve apoio de Marília Mendonça em briga judicial pela marca "Patroas"

A cantora Daisy Soares, líder da banda de forró A Patroa, deu detalhes de uma conversa que teve com as cantoras Marília Mendonça, Maiara e Maraisa...

Por Naldo Cerqueira em 04/07/2022 às 19:10:17

A cantora Daisy Soares, líder da banda de forró A Patroa, deu detalhes de uma conversa que teve com as cantoras Marília Mendonça, Maiara e Maraisa sobre a disputa judicial envolvendo a marca “Patroa”. A artista entrou com uma ação após a Rainha da Sofrência lançar com a dupla sertaneja um projeto de muito sucesso chamado “Patroas”. “Eu tive meu trabalho prejudicado, estava quieta fazendo meu trabalho da minha forma, cantando meu forró, não fui lá prejudicar ninguém, não estava utilizando a marca de ninguém”, afirmou Daisy em entrevista ao “Domingo Espetacular”, da Record TV. A cantora de forró explicou que decidiu acionar a Justiça porque sabia que sua banda, formada em 2013, passaria a ser confundida com o projeto das artistas, que ganhou grande visibilidade durante a pandemia.

Após Daisy comprovar que possui o registro da marca “Patroa”, o Tribunal de Justiça da Bahia determinou que Maiara e Maraisa e a Work Show Produções, empresa responsável pelo projeto, estão proibidas de usar a marca “Patroas”. Caso a decisão não seja cumprida, haverá multa de R$ 100 mil por cada transgressão. “Não tenho o dinheiro que elas têm, não tenho o poder que elas têm, mas dentro do que eu tive, eu dediquei tudo para essa marca, dediquei tudo para essa banda”, comentou a cantora. Em outubro do ano passado, uma semana antes do acidente aéreo que matou Marília, Daisy conversou com a cantora e com com a dupla para tentar resolver a questão. Durante o papo, ela se sentiu apoiada pela Rainha da Sofrência. A líder da banda de forró A Patroa tem uma gravação dessa conversa, que aconteceu virtualmente, mas em respeito aos familiares de Marília, ela preferiu não divulgar, apenas comentou o que ouviu da dona dos hits Infiel e Todo Mundo Vai Sofrer.

“A Marília fala [nessa gravação] que é incontestável o nosso direito a marca, isso para mim foi muito forte porque ela reconhecia o nosso direito. A Maiara e a Maraisa falava muito sobre o legado [que estavam construindo]. A Maraisa falava assim: ‘Usa a gente de escada, não tem problema, a gente se apoia’”, contou Daisy. Após a morte de Marília, Maiara e Maraisa chegaram a anunciar que seguiram com o projeto “Patroas”, mas a cantora de forró manteve a ação judicial. “Não era minha intenção fazer um escândalo sobre isso, a intenção é continuar usando o que é meu e está registrado em meu nome”, enfatizou. A atitude de Daisy revoltou fãs das cantoras sertanejas e ela passou a ser ameaçada e a receber mensagens de ódio nas redes sociais. A Jovem Pan entrou em contato com a assessoria de Maiara e Maraisa e o que foi informado é que, por ora, as cantoras não vão comentar sobre o assunto.

Fonte: Jovem Pan

Comunicar erro
LOTERIA MARAGOGI
Estacio

Comentários

Personalizados