Personalizados
Personalizados
maragogi propagandas
NCN
PROPAGANDA NALDO
Holaanda

Após um ano, 1ª pessoa vacinada contra Covid em Alagoas diz que 'esperava não estar discutindo se a vacina é boa ou não'

Por Naldo Cerqueira em 19/01/2022 às 15:14:26
Há mais de duas décadas atuando no SUS, assistente social lamenta que ainda existam pessoas que optaram por não se vacinar e se emociona ao lembrar período mais grave da pandemia. Vacinação contra a Covid-19 completa 1 ano em Alagoas

A vacinação contra Covid em Alagoas completou um ano nesta quarta-feira (19). A primeira pessoa a ser vacinada no estado foi a assistente social Marta Antônia de Lima, que lamentou que ainda existam pessoas que optaram por não se vacinar, mesmo com as evidências científicas da eficácia dos imunizantes.

"Passado um ano, eu esperava que hoje a gente não tivesse discutindo se a vacina é boa ou não, se é importante ou não. Ainda há pessoas que não completaram seu esquema vacinal, que ainda resistem. E ainda receber no hospital pessoas que contraíram Covid e que não foram vacinadas...", afirma Marta.

Compartilhe esta notícia no WhatsApp

Compartilhe esta notícia no Telegram

Neste primeiro ano de imunização, o estado alcançou a marca de 57,48% da sua população imunizada com as duas doses ou dose única da vacina contra Covid. Considerando apenas quem tomou a primeira dose, o percentual é de 70,18%.

Muita gente ainda precisa complementar o esquema vacinal para que não se repitam as cenas vistas nos primeiros anos da pandemia, quando os hospitais estavam com as UTIs lotadas e muita gente morria antes mesmo do diagnóstico preciso.

Marta Antônia, primeira pessoa vacinada contra Covid em Alagoas

Reprodução/TV Gazeta

"Era uma cena de guerra. 2020, especialmente nos primeiros meses, entre março e agosto, a gente saia de casa pra trabalhar sem saber muito como é que ia ser o dia. Os hospitais cada vez mais lotados, as famílias desesperadas. Eu me lembro muito do movimento da UTI, é uma imagem muito forte. São perdas marcantes, todos os dias era um desafio de ter que lidar com essa dor", lamenta a assistente social.

À época da 1ª dose da vacina, Marta coordenava a supervisão assistencial do Hospital da Mulher, que se tornou referência no atendimento a pessoas com confirmação ou suspeita de Covid-19. Ela se emociona ao falar da emoção com a chegada dos imunizantes.

"Quando recebi o convite, lembro que parei e disse 'Poxa, chegou. Vou ter o privilégio de ser a primeira pessoa em Alagoas a ser vacinada'. E aí a sensação era de mais confiança, mais segurança, de esperança de que a gente fosse viver dias menos tensos", relembra.

Avanço da vacinação contra Covid em Alagoas

Crianças começaram a ser vacinadas contra Covid em Alagoas em janeiro de 2022

Victor Vercant/SMS

A vacinação contra Covid começou no estado pelos públicos prioritários, idosos e pessoas com comorbidades e/ou deficiência permanente. À medida que mais doses iam chegando, lentamente, novos públicos eram convocados para tomar a vacina.

Foi quase um ano vacinando adultos e idosos, até que o Ministério da Saúde autorizou que adolescentes também fossem imunizados contra Covid.

Somente em janeiro de 2022 é que a vacinação para crianças de 5 a 11 anos foi autorizada. Atualmente, os municípios alagoanos vacinam crianças com comorbidades e/ou deficiência permanente. Assim como na primeira parte da campanha, as prefeituras podem convocar novos públicos à medida que receberem mais doses do imunizante.

Maceió ampliou nesta quarta a vacinação contra Covid para crianças com 10 anos sem comorbidades.

VÍDEO: Maceió começou a vacinar crianças contra Covid na segunda-feira

Vacinação infantil contra a Covid-19 começa em Maceió

Assista aos vídeos mais recentes do g1 AL

Veja mais notícias da região no g1 AL
Comunicar erro
LOTERIA MARAGOGI
Holaanda

Comentários

Personalizados
Holaanda